Cati Freitas

/ notícias & blog

Novo álbum Estrangeira já nas lojas

Novo álbum Estrangeira já nas lojas
“O meu canto é do Povo
o meu canto é o meu viver!"
São estes os dois versos iniciais de "Estrangeira" que, acompanhados dos tradicionais bombos portugueses, abrem o novo álbum de Cati Freitas. E são também estes os versos que retratam na perfeição o universo pessoal e artístico de uma das mais originais vozes e autoras da música nacional.

Em 2013, estreia-se com o aclamado "Dentro", onde se dá a conhecer através das suas composições marcadas pelo encontro da música tradicional com sonoridades de outras paragens, sonoras e geográficas. Em 2018, a cantora minhota volta aos discos de originais depois de um período de regresso a casa, em que se deu ao silêncio, à descoberta da cultura portuguesa, onde bebeu inspiração para apurar a sua linguagem artística.

Daí que, de Braga para e com o mundo, Cati Freitas se afirme "Estrangeira". Uma estrangeira definida pela curiosidade infindável por tudo o que é português mas também a vontade de receber de todo o mundo as influências certas que possam enriquecer as suas canções.
Os 11 novos temas são assim uma viagem pessoal por entre os grandes portos seguros da cantora e autora: a poesia, os sentimentos nobres, os afectos, o silêncio e a fé.

1.    Estrangeira
2.    Meu Amor
3.    Falo Com Deus
4.    Barco Begro
5.    Memória
6.    Jardim de Gardénia
7.    História do Silêncio
8.    Alegre Minhota
9.    Doce Solidão
10.    Retrato Sentimental
11.    Perdidamente (com Jaques Morelenbaum)

Entre criações originais e revisitações - os delicados arranjos para "Barco Negro" e a emocionada interpretação de "Perdidamente" com participação de Jaques Morelenbaum são de escuta obrigatória -, em "Estrangeira" começamos e acabamos nos típicos ritmos portugueses, não sem antes passar pelo jazz ou pela pop delico-doce.  As suas melodias sofisticadas e versos gentis provam que Cati Freitas continua dedicada a explorar uma nova portugalidade, a mesma que tem tanto de tradicional como de contemporânea, local de construção de uma nova definição de música do mundo.

"Não venho defender a tradição;
nem tão pouco a modernidade.
Exalo de mim o cheiro dos cravos…
Sou criação em Liberdade!"

São estes alguns dos versos incluídos em "Estrangeira", novo disco de Cati Freitas já disponível nas lojas e nas principais plataformas digitais.

top